Escaladores


No fim de semana “alargado”, 17,18 e 19 de Julho estivemos no coração da Cordilheira Cantábrica numa região conhecida por Cuatrovalles.

Local de extraordonária beleza paisagistica, com montanhas de calcário branco a contrastar com os prados verdejantes que terminavam em lagos formados por albufeiras.


O vale de Arbas, onde dormimos no refúgio de Cubillas de Arbas, parecia saído do filme do Spilberg, Jurássic Park, “congelado” no tempo, e perdido na imponência dos cumes que o rodeavam.

Tivemos escalada desportiva nas escolas de Rabanal, Sena de Luna e Piedrasiecha e uma actividade clássica memorável na verticalidade dos 250 m de Peñas del Prado.


…e assim “fechamos” a escalada para férias.



Para o 2º dia estva reservado o “prato forte” do fim de semana, a escalada clássica em Peñas del Prado.
Desde que chegamos à região que esta imponente parede, marcava o seu território, erguendo-se dominadora, não nos deixando indiferentes sempre que por perto passávamos.

E ali estavamos, a seus “pés” para iniciar uma viagem vertical que iria durar cerca de 5 horas de escalada num calcário aderente de óptima qualidade.

A via escolhida para atingir o topo foi Lago de Luna, de 250 m com 6 largos e com um grau max. de V.
Deixo o registo destes momentos, só comparáveis à escalada no Naranjo de Bulnes, também na Cordilheira Cantábrica.

Um segundo grupo, neste 2º dia foi à escola de escalada desportiva de Sena de Luna, com uma bonita envolvência de montanhas e prados verdejantes.
Regressamos em Setembro com mais um curso de iniciação
Até lá.
Boas férias
Jorge Gomes

Anúncios